O Pequeno Médico


Com sensibilidade e franqueza, Graziela Gilioli desmistifica o estigma das doenças graves e das grandes perdas. 

“O Pequeno Médico” é uma história real, um livro pungente que nos toca profundamente.

Diante dos nossos olhos, andando pelas mesmas ruas, enquanto levamos nossa vida comum, outras histórias estão acontecendo, em outro tom. Um fato inesperado alterou o ritmo previsível da vida, uma nova realidade se impôs e deu outra dimensão ao que havia para se sonhar, conhecer e viver. “O Pequeno Médico” é um convite à reflexão, um relato sobre a luta contra o desconhecido.

Graziela Gilioli convida o leitor a compartilhar momentos de alegria e tristeza que nos envolvem e nos emocionam, pelo modo próprio e verdadeiro com que nos revela a sua história.

“O Pequeno Médico” é sucesso no Brasil e em Portugal, com grande repercussão entre os médicos de várias especialidades como a psiquiatria, oncologia, pediatria, obstetrician, e também entre executivos, profissionais liberais e artistas. De 2007 a 2017 já foram impressas 9 edições. Para adquirir “O Pequeno Médico” pela internet  clique aqui.

A seguir o Prelúdio de “O Pequeno Médico”.

PRELÚDIO

A espetacular explosão de uma “estrela supernova” produz uma energia de mais ou menos cem bilhões de sóis e viaja milhões de anos para ser percebida por nós, aqui na Terra. Ao contrário da estrondosa morte estelar, a do meu filho Alexandre, foi quieta e silenciosa, sentida no mesmo instante em que ele se foi. Até este momento muitos foram os dias segurando as lágrimas, despistando a tristeza e enganando a saudade.

Todos estes dias se passaram sem o som da sua voz, sem a imagem do seu rosto, sem o aconchego da sua presença. Incontáveis alegrias que a vida poderia oferecer lhe foram negadas. Agora, ele segue outras leis do Universo saboreando a liberdade de viver como quiser e no mundo em que ele escolher.

Aos meus olhos, o meu pequeno se transformou numa borboleta multicolorida que sobrevoa, a seu prazer, os mais lindos, exóticos e desconcertantes lugares deste planeta. Idealizo seus vôos sobre a Sardenha , na Itália, Santorini na Grécia, sobre as ilhas da Polinésia Francesa, Búzios e Fernando De Noronha, no Brasil. Imagino a visão, de cima, que ele tem destes e de tantos outros lugares maravilhosos. Vejo-o em todas as coisas coloridas e surpreendentes como o “ Saltimbanco” do Cirque Du Soleil .

 

 

 

 

Back to top